Cidades mais inteligentes do mundo

No topo do ranking aparece Tóquio com uma tecnologia impressionante, economia, e com grande capacidade para atrair talentos de todo o mundo.

Estudo realizado pela instituição IESE Cities in Motion Index (ICIM), liderado por J.E. Ricart e Pascual Berrone, mostra quais são as “cidades mais inteligentes do mundo” com base em fatores como: alto nível em inovação, sustentabilidade e qualidade de vida.

Tóquio ficou em primeiro lugar com a sua impressionante gestão pública, tecnologia, economia, e a capacidade de atrair talentos de todo o mundo. Para chegar neste ranking, os pesquisadores estudaram 135 cidades em 55 países, e com base em seus resultados de mais de 50 indicadores ao longo de 10 dimensões diferentes como:

  1. Governança
  2. Gestão pública
  3. Planejamento urbano
  4. Tecnologia
  5. Meio ambiente
  6. Alcance internacional
  7. A coesão social
  8. Mobilidade e transporte
  9. Capital humano (capacidade de atrair talentos)
  10. Economia

Se você tem interesse em saber mais detalhes a metodologia aplicada veja aqui.

Entre as  20 maiores cidades, 10 são Europeias (Londres, Paris, Oslo, Estocolmo, Copenhaga, Amesterdão, Eindhoven, Zürich, Basel e Genebra), seis estão nos Estados Unidos (EUA) (Nova York, Filadélfia, Los Angeles, Dallas, Chicago, Baltimore), três estão na Ásia (Tóquio, Seul, e Osaka), e uma é da Oceania (Sydney).

Veja a lista completa abaixo com as 20 maiores cidades:

  1. Tóquio
  2. Londres
  3. Nova Iorque
  4. Zürich
  5. Paris
  6. Genebra
  7. Basel
  8. Osaka
  9. Seul
  10. Oslo
  11. Filadélfia
  12. Los Angeles
  13. Dallas
  14. Copenhague
  15. Eindhoven
  16. Amsterdam
  17. Sydney
  18. Estocolmo
  19. Chicago
  20. Baltimore

Outras informações

  • Entre os 135 municípios pesquisados, Barcelona é a metrópole que obteve o melhor progresso geral, passando de 63 º para 51 º lugar, em apenas dois anos, de acordo com a IESE.
  • Santo Domingo, em Cuba ficou em último lugar, devido à baixa audiência em transporte, tecnologia, capital humano e economia.
  • Depois de Santo Domingo, as cidades de fundo eram grande maioria no Brasil, incluindo Fortaleza (133), Recife (132), Brasília (131), Belo Horizonte (129), Porto Alegre (128), e Salvador (127).
  • Sarajevo, Bósnia-Herzegovina ficou em 134, La Paz, Bolívia em 130, e Caracas, Venezuela em 126 para completar o fundo de 10 cidades.

Para ver o mapa interativo das cidades em cada país do site IESE Cidades no índice de Movimento 2014 veja aqui.

Cidades mais inteligentes do mundo
Cidades mais inteligentes do mundo

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.