O que levar na mala é uma das grandes dúvidas de quem vai fazer intercâmbio de longa duração

Empresas especializadas orientam intercambistas sobre essas e outras dúvidas para facilitar a adaptação no país escolhido

O que levar na mala é uma das grandes dúvidas de quem vai fazer intercâmbio de longa duração
O que levar na mala é uma das grandes dúvidas de quem vai fazer intercâmbio de longa duração

A dúvida é sempre muito grande na hora de preparar uma mala para qualquer viagem. Mas a situação fica ainda mais complicada quando se trata de uma viagem de intercâmbio de longa duração. “O que levar?”, “qual a quantidade?”, “o que deve ser comprado no país onde irá morar?”, são algumas das questões comuns na hora de preparar a bagagem. Mas hoje os estudantes contam com apoio das empresas especializadas neste tipo de serviço.

Segundo a diretora Expert da Experimento Intercâmbio Cultural de Salvador, Ludmila Teles, esses questionamentos fazem parte da aventura de uma viagem dessa, e acompanham a ansiedade do intercambista. Por isso, é fundamental a orientação de quem entende do assunto. Se você tem uma viagem programada, ou pensa na possibilidade, segue algumas dicas de Ludmila.

Malas

Pesquise como estará o clima na cidade na época que você fará o intercâmbio, assim você não precisa levar aquele montueiro de roupas. Leve somente o necessário, afinal, você fará compras. Se você vai para um destino frio você deve levar um agasalho para chegar e comprar seu, sobretudo no destino, já que será mais adequado ao frio.

Não esqueça de levar os seus medicamentos de uso habitual, óculos de grau e de sol e franquia da bagagem.

Muito importante, identifique muito bem a sua mala, coloque um tag de mala, uma fita colorida, algo que você consiga identifica-la de longe.

Bagagem de Mão

Em sua bagagem de mão é permitido Eletrônicos, porta-documentos, objetos de valor, dinheiro, uma peça de roupa extra e líquidos até 100 ml.

Porta-documentos

Esse é um dos itens mais importantes mencionados até agora, portanto, prestem atenção. Não se esqueça do passaporte, passagem aérea, endereço da acomodação, carta de confirmação da escola (se você for fazer um curso de idiomas), confirmação do transfer, telefones de emergência, assistência médica, autorização para menor desacompanhado com RG dos responsáveis, carteira de vacinação internacional e caneta.

No Aeroporto

Chegue com antecedência e faça o check-in imediatamente, assim você não enfrenta filas longas, não fica ansioso e não corre o risco de perder o voo.
Ao chegar no seu destino, dirija-se ao setor de imigração, apresente passaporte e formulários, retire a bagagem, depois que você estiver com os seus pertences em mãos você passará pela Alfândega (atenção a sua bagagem pode ser revistada).

Se você tiver que fazer conexão vá até o balcão interline onde será feito o despacho da bagagem.

Translado

Informar o translado em caso de atraso na conexão, se não encontrar o telefone, ligar para o telefone de emergência da Experimento.

Acomodação em casa de família

As famílias que recebem intercambistas já têm esse hábito, e não modificam a rotina deles por sua causa, esses costumam receber mais de um intercambista e regras precisam ser seguidas, afinal isso não é um hotel e não espere luxos. É importante aproveitar os momentos de refeição para interagir com a família e tirar o máximo proveito da sua experiência internacional.

Como Ligar

Brasil Direto Embratel
Canadá: 1 800 463 66 56
EUA: 1800 344 10 55
Inglaterra: 0800 89 00 55
Nova Zelândia: 000 955
Austrália: 1800 881 550
Cartão telefônico

Assistência Médica Internacional

Essa assistência só deve ser utilizada quando acontecer alguma emergência ou acidente, para isso ande sempre com os seus documentos de identificação e se precisar ligue para o Toll Free (Central de Atendimento Médico), essa ligação é gratuita.

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.