Pow e-Learning oferece suporte a estudantes internacionais em universidade australiana

Tecnologia é usada para complementar aulas de inglês oferecendo aos alunos imersão em conteúdos de acordo com interesses específicos

POW eLearning: Rede social para ensino de idioma
POW eLearning: Rede social para ensino de idioma

A plataforma online de ensino de idioma Pow e-Learning, uma novidade na Curtin University, instituição australiana que trabalha com cursos renomados no mundo todo e ensino de inglês há mais de 40 anos, tem chamado a atenção de professores e estudantes internacionais, especialmente os da América Latina e Europa, pela metodologia. A proposta de promover a fluência explorando a conversação é o principal diferencial, já que funciona como um suporte para estrangeiros acelerarem o aprendizado e conquistarem seus objetivos em menor tempo. “O mais interessante é a dinâmica envolvente e o modelo de ensino que permite que os alunos aprendam em seu próprio ritmo. Para os professores, também é visto como uma oportunidade para praticarem suas habilidades no universo online e serem recomendados pelos alunos”, diz a gerente de marketing regional da Curtin Internacional, Cecilia Sacoto-Patel.

Como uma rede social que integra pessoas do mundo todo, a plataforma Pow eLearning relaciona um assunto principal (tópicos) às interações dos usuários (respostas) para criar conversações e impulsionar o ensino de idioma. Copiar expressões, entonações, observar o movimento da boca ao pronunciar uma determinada palavra são algumas das vantagens da plataforma que usa vídeos para conversação. “Nossa proposta é usar a simplicidade para ensinar. Graças aos vídeos, os estudantes conseguem observar, cada um em seu tempo, os detalhes da comunicação e perceber a diferença de sotaques de professores de diferentes nacionalidades”, explica o cofundador da Pow eLearning, Tiago Mascarenhas.

Como funciona

A ferramenta permite selecionar assuntos dos vídeos por nível de domínio do idioma, com classificação que vai do básico ao avançado. Como todos os tópicos de estudo são compostos por vídeos curtos, de até um minuto de duração, qualquer tempo livre é uma oportunidade para aprender algo novo. “Outra vantagem é oferecer aos usuários a possibilidade de estudar com assuntos que os interessam, pois podem escolher com qual tópico interagir, entrar e sair da conversa na hora que desejarem – esse é o conceito Open Conversation Module que desenvolvemos”, reforça o diretor de tecnologia da start-up, Marcio Prudencio.

O conteúdo base do ensino é preparado pelos próprios professores da Pow eLearning. Eles montam exercícios, ensinam gramática, estrutura das frases e estão sempre ajudando os alunos que postam dúvidas ou abrem um tópico para conversação.

A rede, que também interliga nativos dos idiomas, permite conexões entre usuários para troca de conhecimento. Por exemplo, se a área de atuação de um usuário for tecnologia, e ele tem interesse em dominar o vocabulário de inglês específico dessa área, poderá enviar solicitação de conversa para um nativo do idioma que trabalha com isso e aprender exatamente o que precisa para sua profissão. “Acessibilidade é o que move as novas gerações. Os alunos querem poder escolher o conteúdo que consideram relevante, o momento mais adequado para eles e ter a liberdade de acessá-lo em qualquer lugar (e quando quiserem). Eles aprendem em seu ritmo”, complementa Cecilia.

Sobre a Pow eLearning

A Pow eLearning é uma start-up irlandesa criada em 2015 por dois brasileiros que vivem em Dublin. O projeto de pesquisa teve apoio financeiro do Governo da Irlanda. Através do conceito Open Conversation Module (OCM) desenvolvido por eles, nasceu uma plataforma de ensino online que utiliza vídeos para promover o ensino de idiomas. A proposta é oferecer um pouco da experiência do intercâmbio a estudantes de línguas estrangeiras promovendo a interação com pessoas do mundo inteiro.

Pow eLearning

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.