Palestra sobre como ser um cidadão global acontece em Pinheiros

O objetivo é transmitir para os estudantes a importância de ser um cidadão global, conhecendo a multiculturalidade e aceitando as diversidades

AFS Day Rio de Janeiro Julho 2016 - Andres Lanza Treinador Internacional Qualificado do AFS Internacional
AFS Day Rio de Janeiro Julho 2016 – Andres Lanza Treinador Internacional Qualificado do AFS Internacional

Percorrer o mundo sem nem ao menos viajar é possível nas palestras sobre a vivência no exterior por meio de programas de intercâmbio que acontecerão no sábado, 20 de agosto, em São Paulo e em Porto Alegre. Trata-se do AFS Day, gratuito e aberto ao público.

O evento, promovido pelo AFS Intercultura Brasil, é voltado para estudantes interessados em fazer intercâmbio, podendo variar entre programas de ensino médio (para adolescentes) e trabalho voluntário, cursos de férias e de idiomas (para maiores de 18 anos).  O AFS é uma ONG de intercâmbio sem fins lucrativos, comprometida em oferecer oportunidades de aprendizagem intercultural.

De acordo com Fernanda Rodrigues, coordenadora dos programas de intercâmbio, o objetivo do AFS Day é passar para futuros participantes a importância de ser um cidadão global, conhecendo a multiculturalidade e aceitando as diversidades. “O forte da organização é capacitar um jovem para enfrentar o mundo globalizado, aprendendo a lidar com a diversidade cultural”, salienta.

A programação inclui atividades para integrar os participantes, além de dinâmicas que abordam conteúdos de aprendizagem intercultural, com o objetivo de discutir temas como cidadania global, quebra de preconceitos, comunicação intercultural e storytelling. A ONG disponibiliza mais de 40 destinos, com durações e preços distintos. Os programas de intercâmbio High School estão com desconto de até 20%.

De acordo com o livro Gap Year: How Delaying College Changes People in Ways the World Needs [Ano sabático: como adiar a faculdade muda as pessoas nos modos como o mundo precisa], de Joe O’Shea, os jovens que vivenciam experiências culturais e profissionais antes da graduação apresentam melhor desempenho acadêmico do que seus colegas que não tiveram a mesma oportunidade.

Thaís Reis Santos, presidente do comitê do AFS em Curitiba, fez um intercâmbio na República Tcheca em 2009. Para ela, que cursou Relações Internacionais, a experiência foi muito positiva para sua vida acadêmica.

“Após o amadurecimento do intercâmbio, voltei mais confiante em relação aos meus estudos e ao meu curso. Aprendi muito sobre o mundo enquanto estava fora e a vontade de aprender ainda mais sobre a história, política e economia dos países só cresceu. Meu interesse pelo Leste Europeu surgiu a partir dali. Inclusive minha monografia foi sobre a integração do Leste Europeu na União Europeia e, se não fosse pela minha experiência lá, pouco provável que eu me interessaria tanto pelo assunto”, afirma Thaís, ressaltando os principais pontos da experiência. “Apenas o fato de ter feito intercâmbio já é um grande diferencial e, por ter ido para um país um pouco incomum, desperta ainda mais a curiosidade dos recrutadores/chefes. Sem contar todo o desenvolvimento pessoal e auto-conhecimento que um intercâmbio proporciona de maneira única”, conclui.

O AFS Intercultura Brasil tem a paz como um dos pilares da sua missão, que consiste em ampliar o acesso às competências interculturais necessárias para a formação de cidadãos globais que possam lidar com os desafios do mundo contemporâneo e contribuir para um mundo justo e pacífico.

Interessados em participar devem confirmar presença para o e-mail [email protected]. Estudantes com interesse no programa High School para os Estados Unidos precisarão fazer a prova Exame ELTIS, com exercícios de múltipla escolha envolvendo capacidades de compreensão de inglês falado e escrito.

No domingo, 21, haverá um encontro de orientação para os candidatos ao intercâmbio. Mais informações serão divulgadas durante o evento do sábado, 20.

Sobre o AFS

O AFS Intercultura Brasil é uma organização voluntária de intercâmbio não governamental e sem fins lucrativos, comprometida em oferecer oportunidades de aprendizagem intercultural. Fundada há 60 anos no país, a instituição está presente em 18 estados, contando com cerca de mil voluntários.

A ONG é Integrante do AFS Intercultural Programs, antigo American Field Service. A organização mundial está presente em 110 países e realiza mais de 12 mil intercâmbios por ano, com a colaboração de 42 mil voluntários em todo o mundo.

Criada em 1914, a instituição AFS nasceu quando jovens idealistas se recusaram a participar dos combates da Primeira Guerra Mundial, e entraram no campo de batalha como motoristas de ambulância para socorrer feridos, independente de sua nacionalidade e cultura.

Desde então, adotou a paz como um dos pilares da sua missão, que consiste em ampliar o acesso às competências interculturais necessárias para a formação de cidadãos globais que possam lidar com os desafios do mundo contemporâneo e contribuir para um mundo justo e pacífico.

O evento é Gratuito

AFS Day São Paulo

Data: 20 de agosto
Horário: 9h às 17h
Local: CEP Cursos – Centro de Educação Profissional
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde 928 – Térreo – Pinheiros, São Paulo
Confirmação de presença: [email protected]

AFS Day Porto Alegre

Data: 20 de agosto
Horário: 8h30 às 12h30
Local: CIEE – Sala 2.
Endereço: Rua Dom Pedro II, 861- Bairro Higienópolis, Porto Alegre
Contato: [email protected]

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.