Investimentos: Saiba como fazer o dinheiro render mais

Não fique preso à poupança, há alternativas mais vantajosas e rentáveis para seu dinheiro render mais

Investimentos: Saiba como fazer o dinheiro render mais
Investimentos: Saiba como fazer o dinheiro render mais

Ganhar dinheiro, guardar dinheiro, viajar, comprar um carro, comprar um apartamento. Essas são apenas algumas das questões que se passam na cabeça de um jovem quando ele pensa em seu próprio dinheiro. Afinal, o que é melhor fazer com ele? Cada um tem uma resposta para essas dúvidas, mas a BeeCâmbio te mostra como seu dinheiro pode ser mais rentável. Quem sabe assim aquele projeto de morar no exterior não sai do papel, não é mesmo?

Os primeiros passos para o investimento

O primeiro passo para entender sobre investimentos, é saber que eles são divididos em dois tipos, os de renda fixa e os de renda variável. Qualquer investimento de renda fixa tem um risco menor do que os de renda variável, uma vez que nesse tipo de investimento você sabe o que está acontecendo e nunca “perde dinheiro”, mas apenas deixa de ganhar.

Renda Fixa

Geralmente, as pessoas que investem em renda fixa não querem ou não podem correr muitos riscos. Contudo, o brasileiro tem a propensão de aplicar mais em investimentos de renda fixa devido à alta taxa de imposto cobradas no país. Tanto que apenas uma pequena parcela da população brasileira investe.

Tipos de aplicação

Todos os tipos de aplicações têm características próprias, e por isso antes de tomar uma decisão, é necessário saber exatamente como funciona o investimento que você está fazendo. Os juros, rendimento, e momento em que você pode tirar (usar) seu dinheiro são as diferenças principais entre elas. Por exemplo, você pode optar por um investimento que tem baixo valor de aplicação, mas os juros podem ser mais altos, ou ainda, você só pode mexer no dinheiro aplicado depois de um certo tempo. Por isso, é preciso saber quais são suas necessidades e prioridades e entender como funciona o investimento que está fazendo.

Formas de investimento

Todo investimento pode ser feito de três formas, por meio de um banco, de uma corretora, ou por você mesmo. Cada aplicação é variável de um banco para outro, em todos os aspectos. Algumas aplicações de renda fixa são garantidas pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC), o que significa que, caso o banco em que seu dinheiro está aplicado quebre, você tem o direito de receber R$250.000.

Investir na poupança

No caso da poupança, você está isento dos impostos de renda e pode mexer no seu dinheiro sempre que quiser, é protegido pelo FGC, não existe uma data mínima de dias para que você tenha acesso a seu dinheiro e nem exige um valor mínimo de aplicação. Contudo, ela rende pouco, além de ter como medida o dia do mês em que você abriu sua poupança. Então, se você abriu sua conta no dia 15 e mexer no seu dinheiro no dia 10, você não ganha o rendimento desse mês. Uma opção diante da poupança é o Tesouro Direto. Com ele, você pode fazer investimentos com o valor inicial mínimo de R$30, 00 e é uma aplicação mais rentável.

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.