Interesse por intercâmbio na Coreia do Sul cresce quase 300% no Brasil

Dados são da multinacional de educação e intercâmbio EF

Interesse por intercâmbio na Coreia do Sul cresce quase 300% no Brasil
Interesse por intercâmbio na Coreia do Sul cresce quase 300% no Brasil

A popularidade das bandas de K-pop, os famosos cuidados de beleza, além da culinária e pontos turísticos, transformaram a Coreia do Sul na bola da vez do intercâmbio. De acordo com dados da multinacional EF, que oferece programa de viagens para o destino desde 2017, a busca pelo estudo no país cresceu 299% em 2018 em comparação com o ano anterior. São Paulo encabeça a lista dos estados mais interessados, com 32,5%, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 9,1%.

As mulheres são maioria (89%) entre os que procuram pela viagem, enquanto que a faixa etária predominante é dos 16 aos 24 anos (78%). Pensando nisso, a EF lançou um programa de intercâmbio em grupo para viajantes a partir dos 13 anos com duração de seis semanas, possibilitando uma imersão completa para alunos de todos os níveis, sem necessidade de conhecimento prévio no idioma Coreano. O grande diferencial deste programa é o líder que acompanha o grupo desde a saída do Brasil até o destino, dando segurança e tranquilidade para os pais e organizando uma programação intensa de atividades que vão desde aulas com a temática de K-pop e doramas até viagens a diversos pontos turísticos.

A empresa oferece também programas para jovens a partir de 16 que desejam viajar individualmente com cursos a partir de 2 semanas até 1 ano com início todas as segundas-feiras do ano.

Gostou do programa? Então acesse: https://www.ef.com.br/pg/intercambio/coreia-do-sul/

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.