Saiba por que vale a pena abrir uma conta online antes de viajar para o exterior

Contas internacionais em bancos digitais são uma ótima alternativa para quem deseja viver uma experiência em solo estrangeiro, temporária ou definitiva. Entenda.

Saiba por que vale a pena abrir uma conta online antes de viajar para o exterior
Saiba por que vale a pena abrir uma conta online antes de viajar para o exterior

O sonho de viajar para o exterior em 2020 – seja para morar ou passear – teve que ser engavetado em função da pandemia de covid-19.

A doença respiratória grave com potencial letal levou o mundo a adotar medidas de segurança sanitária que inviabilizam a entrada de estrangeiros na maioria dos países.

Porém, adiar não significa desistir. A quarentena forçada, inclusive, pode ser um bom momento para planejar a viagem. Escolher destinos e roteiros, reservar hotéis, aproveitar promoções de passagens aéreas, economizar.

Para quem não está acostumado a viajar é importante pesquisar sobre detalhes como seguro viagem, alternativas de envio e recebimento de dinheiro e a necessidade de abrir uma conta online no país para onde pretende ir.

Além de facilitar o recebimento de remessas vindas do Brasil em caso de sufoco, as contas internacionais online oferecem inúmeros benefícios e taxas bem mais atrativas do que aquelas oferecidas pelos bancos tradicionais que disponibilizam cartões internacionais a valores altíssimos.

Tem crescido bastante o número de ofertas brasileiras nesse nicho e há até algumas internacionais em vias de aportar no país em breve.

As chamadas fintechs – start ups financeiras – são uma opção simples e barata para envio e recebimento de dinheiro. Além de manter uma conta em reais, é possível também ter uma conta internacional com saldo em moeda estrangeira, o que facilita bastante a vida de quem vai viajar.

Vantagens da conta online

A abertura é feita de forma simples, rápida, totalmente digital e gratuita, não precisa nem sair de casa – o que se torna um ponto positivo em tempos de isolamento social.

Basta um computador ou celular com acesso à internet e ter à mão documentos de identidade como RG e passaporte, além de comprovante de renda e de residência e o valor inicial para a abertura da conta. Dependendo do banco digital escolhido, será necessário o comprovante de endereço no país de destino.

Além disso, os bancos digitais possuem características diferenciadas que os tornam muito mais interessantes do que as velhas agências bancárias repletas de taxas altas e burocracia.

A principal delas é a facilidade de enviar o dinheiro de uma conta corrente em reais para a conta internacional na moeda local e vice-versa rapidamente ou mesmo de forma instantânea.

Para serem ainda mais sedutores para os novos clientes, alguns disponibilizam cartões de crédito sem anuidade, transferências ilimitadas e até rendimento do saldo disponível de acordo com o Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

Além disso, ao abrir uma conta em um banco digital, a pessoa pode fazer, via cartão de débito, transferências e pagamentos em qualquer estabelecimento comercial (físico ou online) e realizar saques em moeda local em caixas eletrônicos credenciados na bandeira do cartão.

Outro ponto relevante é que o Imposto sobre Operação Financeira (IOF) cobrado é cerca de seis vezes menor do que aquele incidido sobre as compras no cartão de crédito internacional. Os bancos digitais cobram apenas 1,1% de IOF, contra 6,38% das instituições tradicionais.

A conversão adotada também costuma ser mais vantajosa do que os métodos mais conhecidos: cartão de crédito ou compra de papel moeda em casas de câmbio, sendo possível saber quanto irá receber na conta em moeda internacional antes mesmo de efetuar a transferência, já considerando o IOF.

A mobilidade e a autonomia de gestão das finanças são aspectos a serem considerados também. Ao abrir uma conta em um banco digital, é o usuário quem escolhe os produtos que deseja adquirir e realiza as movimentações de onde estiver, da maneira que bem entender.

Assim, não há a necessidade de sair de casa ou de ficar à mercê dos gerentes que precisam bater suas metas e oferecem serviços que nem sempre fazem sentido para o cliente.

Para quem serve uma conta internacional online?

As contas online digitais são vantajosas para qualquer pessoa que queira manter o dinheiro em um banco que cobre taxas bem menores do que aquelas praticadas pelas instituições bancárias tradicionais.

No entanto, uma conta internacional pode não ser necessária para todas as pessoas.

Antes de se deixar seduzir pelos benefícios, é preciso avaliar e se fazer as seguintes perguntas:

  • Viajo muito ao exterior?
  • Faço compras online com frequência?
  • Recebo pagamentos do exterior?
  • Preciso ajudar alguém que mora fora?
  • Faço ou pretendo fazer investimentos em moeda estrangeira?
  • Mantenho ou pretendo manter uma reserva em moeda estrangeira?

Se a resposta for não para todas as perguntas, não faz sentido aderir à modalidade internacional, mesmo que sejam muitas as vantagens.

Agora se a resposta for sim para ao menos uma das perguntas é bom considerar a alternativa, pois ela será bastante vantajosa para a saúde financeira.

São várias as instituições financeiras digitais no mundo, cada uma com as suas características e vantagens específicas como o alemão N26, o britânico Revolut e o lusitano ActivoBank. Este, por sua vez, é uma ótima opção para quem pretende se juntar aos cerca de 150 mil brasileiros que foram tentar a sorte em Portugal.

Para mais informações:

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter e junte-se à outros 1.546 assinantes. Leia sobre a nossa Politica de Privacidade.