Seja por conta de um projeto de vida ou mesmo para fugir das condições adversas no Brasil, o fato é que o número de brasileiros que vão para os Estados Unidos em busca de melhores oportunidades e de qualidade de vida é cada vez maior. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, mais de 1,8 milhão de brasileiros residem e trabalham naquele país. Trata-se do principal país de destino dos brasileiros, com 42% da preferência – uma liderança absoluta.

O projeto de morar nos Estados Unidos não depende, apenas, do desejo e de condições financeiras para tal. É preciso se legalizar diante da imigração norte-americana e, assim, poder viver de forma legal, inclusive podendo trabalhar. A questão do trabalho nos Estados Unidos para brasileiros 2022 é muito importante, e por isso decidimos produzir este conteúdo especialmente para você, que tem este projeto ou já reside no país.

Leia este artigo até o final, saiba agora tudo sobre trabalho nos Estados Unidos para brasileiros 2022 e boa viagem!

Panorama do trabalho nos Estados Unidos para brasileiros 2022

O número de brasileiros que vivem nos Estados Unidos é, na verdade, bem maior do que os 1,8 milhão contabilizados pelo nosso Ministério das Relações Exteriores. Isso porque muitos vivem de forma ilegal, à margem da lei, e esse contingente grande não faz parte das estatísticas. É gente que tem os mesmos sonhos e propósitos, mas insiste em tentar a vida por lá mesmo sem a documentação necessária. Vivem com medo da imigração!

Os estados norte-americanos que mais recebem brasileiros são a Flórida, Califórnia, Geórgia, New Jersey, Connecticut e, finalmente, Massachusetts. E a maior parte dos imigrantes brasileiros trabalha com serviços domésticos, turismo e construção civil.

Vale a pena ressaltar que as condições de trabalho em solo norte-americano estão melhorando, apesar da alta da inflação. Em março de 2022, a taxa de desemprego recuou de 3,8% para 3,6% e os salários subiram 0,4% em relação a fevereiro e 5,6% comparando com o mesmo mês do ano anterior. Segundo levantamento do Departamento de Trabalho norte-americano, em março foram criados 431 mil novos empregos no país.

Novas oportunidades de trabalho nos Estados Unidos para Brasileiros 2022

Embora a maior parte dos brasileiros trabalhe em serviços domésticos, na construção civil e em turismo, de um tempo para cá há uma maior busca por profissionais qualificados, com sólida formação educacional. As principais oportunidades estão nas seguintes áreas:

• Engenharia e automação (principalmente nos setores de energia e infraestrutura). As cidades que mais oferecem vagas são nestas áreas são Washington, Califórnia, Texas, Massachusetts, Flórida e Nova York ;

• TI e Telecomunicações (Califórnia – Vale do Silício, Nova York, Boston, Miami e Weston);

• Saúde (principalmente em Washington, Maryland, Oregon, Nova Jersey, Boston e Cleveland – este é um dos setores que melhor paga nos EUA);

• Mercado financeiro (Nova York e Miami);

• Turismo (Havaí, Nova York, Flórida, Colorado e norte da Califórnia);

• Pesquisa científica (especialmente nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática, principalmente em Boston e Maryland).

Salários nos Estados Unidos

Você já estava se perguntando sobre isto, não? Por lá, o salário é calculado por hora de trabalho, e a média da carga horária é de 34,5 horas por semana. O valor mínimo da hora, por lei, é de US$ 7,25. Isso significa que o menor salário que você provavelmente receberá nos Estados Unidos, trabalhando de forma legal, é US$ 1.256,00.

O valor da hora trabalhada varia de estado para estado. Em Washington D.C, por exemplo, este valor é de US$ 11,50. Na Califórnia, é de US$ 10,50. Los Angeles e São Francisco, US$ 15,00.

Mas, e o custo de vida por lá? Os estados com o menor custo de vida são:

  1. Texas;
  2. Colorado;
  3. Washington;
  4. Wyoming;
  5. Virginia;
  6. Delaware;
  7. Ohio;
  8. Utah;
  9. Illinois.

Visto de trabalho: como conseguir?

Sim, é preciso ter visto para trabalhar. Se você não quiser realizar trabalhos com pagamentos abaixo do valor mínimo, sem proteção alguma, precisará do documento. O visto de trabalho temporário é o “H” e para consegui-lo precisará de uma petição de trabalho emitida pelo empregador norte-americano e aprovada pelo Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS).

Os tipos de visto “H” são:

Visto H-1B (ocupação de especialista): é para trabalhadores que vão trabalhar em uma função pré-contratada. Precisa ter formação universitária concluída ou certificação profissional. O visto é solicitado pelo empregador e dura até três anos, podendo ser estendido pelo mesmo período. São emitidos apenas 65 mil vistos H-1B por ano.

Visto H-2B (trabalho qualificado e não qualificado): dirigido para quem ocupar uma vaga de trabalho sazonal ou temporária, em áreas de escassez de mão de obra. O empregador precisará solicitar ao Departamento do Trabalho um certificado confirmando não haver trabalhadores norte-americanos qualificados para essas funções. Em seguida, haverá o processo junto ao USCIS.

Visto H-3 (estagiários): é para quem busca treinamento em qualquer área que não esteja relacionada à graduação ou capacitação acadêmica. O visto não serve para um emprego produtivo e o treinamento não deve existir no país de origem do solicitante, no caso o Brasil. O processo é junto ao USCIS também.

Em tempo: todos os vistos exigem fluência em inglês, comprovada em entrevista.

E se a intenção for morar e trabalhar de forma definitiva nos Estados Unidos?

Aí a história é um pouco diferente. Você precisará do famoso green card, o cartão de residência permanente nos Estados Unidos. Com ele, você terá praticamente os mesmos direitos de qualquer cidadão norte-americano.

Você terá acesso ao documento por meio do trabalho, casamento, parentesco com um cidadão norte-americano e se investir no país. Em média, consegui-lo pode levar de um a cinco anos.

Dicas de como conseguir trabalho nos EUA

Trabalho nos Estados Unidos para brasileiros 2022, como conseguir? Algumas dicas poderão lhe ajudar muito neste processo:

  • Tenha fluência em inglês;
  • Seja educado e conheça as regras americanas (se não respeitar as regras da Imigração, poderá ser deportado imediatamente);
  • Faça um currículo adaptado ao mercado de trabalho norte-americano. Na internet você encontra inúmeros modelos gratuitamente;
  • Crie um perfil no Linkedin em inglês;
  • Busque indicações de outros brasileiros já empregados;
  • Norte-americanos não aceitam subempregos. Avalie-os, pode valer a pena;
  • Se puder, faça cursos nos Estados Unidos. Isso ajuda muito.

Em busca de um emprego

Para conseguir trabalho nos Estados Unidos para brasileiros 2022 você poderá procurar uma das inúmeras agências de intercâmbios nos Estados Unidos. Há empresas especializadas, que oferecem todo o suporte para sua legalização, pedido de vistos e colocação profissional. Claro que cobram por isso, e bem, mas pode valer a pena. Conversar com outros brasileiros, já atuantes no mercado profissional, pode ajudar muito também.

Informações, dicas, notícias, reportagens, feiras e eventos dirigidas internamente pela equipe de redação do Canal do intercâmbio, através das Assessorias ou via e-mail contato@canaldointercambio.com.

Marcações: