Dicas para aluguel de carros no exterior

A Colunista Marília Maciel dá dicas de como alugar um carro no exterior.

Dicas para aluguel de carros no exterior
Dicas para aluguel de carros no exterior

Quando planejamos um intercâmbio ou mesmo uma viagem a passeio para outro país, é importante planejarmos como será nosso deslocamento por lá. Será preciso um carro? Uma dica pra lá de importante antes de recorrer a locadoras, é verificar como é o transporte público local. Será que ele não nos atende o suficiente? Apesar do conforto de ter um carro disponível sempre que precisarmos, dependendo da situação do nosso bolso, esse pode ser um corte muito favorável!

Contudo, se de fato você resolver alugar um carro em outro país, há algumas dicas que podem ajudar a aproveitar a viagem sem dor de cabeça. Olha só:

Carteira de motorista e cartão de crédito

Antes de sair do Brasil, verifique as locadoras do seu interesse e cheque como é a política delas em relação à carteira de motorista. Há algumas que aceitam a habilitação brasileira (uma vez que se esteja dentro do prazo do visto de turismo ou da permanência legal – sem necessidade do visto). Contudo, há algumas que pedem, pelo menos, a carteira internacional. Normalmente, a maioria dos países aceitam a habilitação brasileira.

Outro fator importante, e que muitas vezes pode causar problemas, é lembrar que o cartão de crédito usado para pagar o aluguel tem que estar no nome do motorista que reservou o carro. Pois eles não vão entregar o carro se o cartão não estiver no nome do motorista e se a habilitação não estiver presente – mesmo com o veículo já pago pela internet. Ah, não ser que você esqueça de levar sua carteira de motorista e o cartão de crédito (obviamente com saldo suficiente para a garantia que a locadora vai te exigir. No retorno, se não tiver acontecido problema algum, eles anulam a fatura).

Dica Importante

A tarifa para motoristas com idade abaixo de 25 anos é mais cara, pelo menos nos Estados Unidos. Por isso, se estiver em mais pessoas, reserve o carro em nome de quem tem, pelo menos, essa idade. Cheque sempre qual a idade mínima permitida para dirigir no seu país de destino.

Quem vai dirigir

Se você estiver em mais pessoas, decidam quem irá dirigir (de preferência quem tiver cartão de crédito!). Se houver mais de um motorista, os nomes dos que comandarão o volante precisam ser declarados e, muito provavelmente, isso acarretará em um acréscimo (por cada um deles) no valor do aluguel.

Se optarem por colocar somente um motorista, evite que outra pessoa dirija o carro, pois, caso haja um acidente, o seguro pode não cobrir os danos, alegando descumprimento das regras. E, caso o carro seja parado por um policial, ele poderá, inclusive, interpretar a situação como roubo, uma vez que o veículo não está no nome do condutor flagrado.

Pague pelo seguro

A gente sempre espera que vai dar tudo certo. Que nada de errado vai acontecer. Apesar de parecer um dinheiro inútil (pois aumenta o valor do aluguel), é melhor estar assegurado. Vale ressaltar que, nos Estados Unidos, eles exigem seguro de carro, mesmo que seja do carro alugado, caso contrário, obrigações financeiras pesadas e consequências jurídicas podem ocorrer em caso de acidente. E não adianta dizer que é o melhor condutor do mundo. Imprevistos acontecem.

É importante checar com a locadora as opções de seguro, contudo, vale ficar atento e checar se a apólice do seguro de carro que você já tem ou do seguro viagem que você comprou que cobre aluguel de carro também tem cobertura de responsabilidade civil adequada para o lugar onde vai dirigir. Provavelmente terá, mas só tome cuidado, porque os estados especificam níveis mínimos distintos de cobertura.

Reserve com antecedência

É sempre bom reservar antes, pois é muito comum a pessoa chegar à locadora e não encontrar o carro que queria. E, às vezes, tem até que pagar mais caro por outro. =/

Além disso, se for precisar de itens extras, como GPS, correntes para dirigir na neve ou mesmo cadeirinha para bebê, é bom pedir com antecedência, pois as locadoras não costumam ter muitos por loja.

Combustível e multa

Quando for devolver o veículo, entregue com o tanque cheio, ou pelo menos mais que a metade. Se você devolver com o tanque vazio, eles vão cobrar por galões/ litros e a preços bem salgados.

Quanto às multas, não vá pensando que o que se faz na viagem fica na viagem. Essa regra não se aplica neste caso. Informe à locadora sobre a multa (e pague!), pois se não o fizer, ela irá atrás de você e, normalmente, consegue receber o valor da infração. Vamos evitar desconfortos, não é mesmo?

Ah, uma última dica, normalmente sites mediadores de aluguéis conseguem oferecer um preço melhor que a locadora em si. Vale a olhada!  Exemplos desses sites são o www.decolar.com e o www.carhire3000.com

Até à próxima!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.