O que é Au Pair?

Da Série Au Pair: 10 dias para você saber o que é o programa uma modalidade pra lá de interessante

O que é Au Pair?

O que é Au Pair?

O programa Au Pair é uma modalidade pra lá de interessante de Intercâmbio, pois você viaja para outro país e tem a oportunidade de vivenciar a cultura local, aprimorar seus conhecimentos no idioma e, de quebra, levantar uma grana, pois você pode trabalhar.

Au pair: intercambio diferente

Quando opta pelo programa au pair, você já tem que ter em mente que irá trabalhar cuidando de crianças. Mas, calma, você não será uma simples babá (ou como eles chamam, babysitter). A ideia do intercâmbio é que a au pair seja a “irmã mais velha” (a big sister), que vai ajudar os pais com as crianças enquanto eles estão fora, trabalhando.

O trabalho de au pair é muito comum em diversos países, mas é regulamentado pelo governo somente nos Estados Unidos, França, Alemanha e Holanda. Assim, a regulamentação é feita através de agências vinculadas ao governo. O país de maior procura de Au Pairs é os Estados Unidos.

Como funciona programa de au pair?

O programa au pair inclui:

  • Trabalho em casa de família com salário semanal (cerca de US$ 200/semana);
  • Quarto individual e todas as refeições e condições de subsistência;
  • Bolsa de Estudos de US$ 500 por 1 ano de programa;
  • Autorização de permanência no país válido por 1 ano, podendo ser estendido por, no máximo, mais 1 ano.

Au pair: bolsa de estudos

A bolsa de estudos da au pair é uma condição dos governos para dar caráter de intercâmbio ao programa. A intercambista pode usá-la para um curso básico, como idiomas, ou complementá-la e realizar um curso específico, como disciplinas específicas em colleges (ex: fundamentos de Marketing, Fotografia, Matemática etc).

Entretanto, é importante ressaltar que não é possível fazer graduação (faculdade) e praticamente impossível fazer pós-graduação, uma vez que o foco é o trabalho. Os cursos oferecidos às Au Pairs são cursos complementares. O horário e as condições de estudos devem ser combinadas entre a família e o/a Au pair.

Vale destacar também que a bolsa de estudos do programa au pair deve ser usada, exclusivamente, para estudos, não podendo, portanto, ser usada para outro fim.

Au pair: com ou sem agência?

Não faça esse programa de intercâmbio sem o intermédio de uma agência. Além da segurança que você terá enquanto estiver em outro país, a agência auxilia na compra das passagens aéreas (pagas pela família que receberá a au pair), na escolha da host family, mas, mais importante, na obtenção do documento DS2019, crucial para a obtenção do visto para Au Pairs: o J-1.

As passagens aéreas e a família são possíveis de se obter sozinho, contudo não o visto J-1, que possibilita o trabalho e o estudo legal no país.

Indo por agência as Au Pairs passam por uma semana de treinamento que ensina conceitos sobre legislação, direção, cultura e primeiros socorros. É a agência que retém o depósito reembolsável de direito da/o Au Pair.

Passagem aérea: é importante ressaltar que a passagem de ida é bancada pela host family (desde que o trâmite ocorra por agência). Já a passagem de retorno está inclusa somente caso você cumpra os 12 meses do programa. Dica: Verifique com a agência se essa cobertura da volta é restrita a algum trecho específico, exemplo: somente São Paulo/Nova York/São Paulo.

Direitos e deveres da au pair

Deveres da au pair:

  • Cuidar e zelar pela saúde, segurança e entretenimento das crianças da família;
  • Ajudar nos afazeres domésticos básicos referentes às crianças – por exemplo: cuidar da louça das crianças, manter os ambientes das crianças organizados (como quarto e sala de brinquedos), cuidar da roupa dos pequenos etc.;
  • Esforçar-se para fazer parte da família, participando das festividades que for convidada. Entretanto, compreender se a família não a considerar membro. (Dica: não leve para o pessoal, não vale a pena.);
  • Comparecer aos encontros mensais da agência.

Direitos da au pair:

  • Receber o salário semanal de cerca de US$ 200, no dia acordado com a família.
  • Ser tratada com respeito;
  • NÃO trabalhar mais que 10 horas por dia;
  • NÃO trabalhar mais que 45 horas por semana;
  • Ter um dia e meio de folga por semana, no mínimo, não sendo obrigatoriamente todas as vezes no fim de semana. Isso será acordado com a família no início do programa;
  • Ter sua folga no fim de semana pelo menos uma vez por mês;
  • Férias de duas semanas remuneradas ao longo de um ano, negociado entre família e au pair;
  • Ter um quarto individual;
  • Ser segurada por um seguro básico de saúde;
  • Ser assistida por um (a) coordenador(a) local que resida a, no máximo, uma hora de distância de carro;
  • Comparecer aos encontros mensais da agência;
  • Estudar e conseguir 6 créditos ou crédito-hora durante o programa;
  • 4 semanas para viajar como turista ao final do programa, sem remuneração (desde que concluído, ao menos, o primeiro ano de programa).

Au pair: extensão do programa

A duração mínima do programa au pair regular é de 1 (um) ano, podendo ser estendido por mais 6, 9 ou 12 meses. A extensão depende da vontade da família e da Au pair e implica na renovação da autorização de permanência (NÃO DO VISTO!) e no pagamento de mais um ano para a agência (paga pelas famílias).

Independentemente da duração da extensão (6, 9 ou 12 meses), a au pair tem o direito de ficar o 13o. mês viajando pelo país (sem remuneração). Algumas agências cobram da(o) au pair a renovação da autorização, outras agências não. O valor é de cerca 200 dólares e a família, nesse caso, não tem a obrigação de pagar. Verifique com sua agência sobre essa cobrança.

Programa Au Pair: O 13º mês

Quem possui o visto J-1 tem o direito de permanecer no país por mais um mês após o término do programa de intercâmbio. Isso é um direito adquirido por qualquer estudante de intercâmbio com o visto legal. Neste 13º mês o/a Au Pair NÃO RECEBE SALÁRIO e pode ficar no país POR CONTA PRÓPRIA, viajando, se hospedando em casa de amigos, etc.

Quanto custa ser Au Pair?

O valor do programa de intercâmbio varia de acordo com a agência. Por isso é bom pesquisa bastante antes de fechar negócio.
Indo sem agência o custo cai bastante, entretanto, é mais arriscado. Leia ATENTAMENTE o post sobre como ser au pair sem agência.

*Informações publicadas oficialmente em 27/04/2011 por Raquel Amarins. Republicação e atualização autorizadas.

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.