Ser Au Pair por quê?

Os motivos particulares podem variar, veja alguns dos quais decidi ser uma au pair

Ser Au Pair por quê?
Ser Au Pair por quê?

Por que ser Au Pair?

Há vários tipos de intercâmbios. O programa de Au Pair acaba atraindo muita gente pois é uma opção relativamente barata, que permite ganhar uma graninha enquanto tem a oportunidade de estudar e conhecer a cultura de outro país. Ah, e fazendo algo que você gosta muito: cuidando de criança!

Há diversos motivos para quem escolhe esse programa de intercâmbio. Por exemplo: a pessoa não aguenta mais estudar inglês na escola e acha que está na hora de falar fluentemente; quer ter a chance de estudar em uma universidade renomada no exterior; quer ter um ano de férias da sua própria família etc.

E aí? Por que mesmo ser au pair?

Porque é difícil pra caramba, mas você acredita que é capaz. Porque é estressante ao extremo, mas você acredita que pode superar. Porque ficar um ano sem pai, mãe, irmão, cachorro, é deprimente, mas você acredita que passa rápido. E quando menos esperar, verá que já passou.

Quem é au pair sabe

  • Resolver seus problemas sozinho;
  • Controlar sua própria grana;
  • Achar soluções para problemas que parecem impossíveis;
  • Planejar;
  • Fazer amigos em qualquer lugar;
  • Dar valor à família;
  • Dar valor ao trabalho duro;
  • Que a vida não é fácil, nem no Brasil, nem em qualquer lugar do mundo.

Quem é au pair aprende

  • Que se você não fizer, ninguém vai fazer por você;
  • Quem tem boca vai à Roma;
  • Um emprego só nem sempre é suficiente;
  • Chefes são CHEFES. E é preciso saber lidar com eles (em qualquer lugar do mundo);
  • A criatividade e improvisação do brasileiro são muito valorizadas. É só saber usá-las corretamente;
  • Se comportar bem na casa dos outros é a chave para o sucesso.

Quem é au pair volta

  • Mais forte;
  • Mais decidida(o);
  • Mais madura(o) ;
  • Mais confiante;
  • Sabe fazer planos a longo prazo… Porque sabe que o tempo voa!!
  • Sabe cuidar da sua vida (vai morar sozinho, vai resolver seus problemas);
  • Sabe que agora O MUNDO É SEU, e se der vontade de ir embora, O MUNDO LHE ESPERA.
*Informações publicadas oficialmente por Raquel Amarins. Republicação e atualização autorizadas.

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.