Destinos para viajar sozinha pós pandemia

Para as mulheres que viajam sozinhas, conheçam os países mais e menos seguros para as viajantes solos

Destinos para viajar sozinha pós pandemia
Destinos para viajar sozinha pós pandemia

Informe sobre a COVID-19: Para limitar a propagação do coronavírus, as atrações podem estar total ou parcialmente fechadas. Consulte as recomendações do governo local para viagens.

Confira mais informações aqui https://covid.saude.gov.br/

“Mas você vai sozinha?” Praticamente toda mulher já deve ter ouvido essa pergunta depois de anunciar que vai viajar sozinha. E então, de repente surgem conhecidos e desconhecidos contando as histórias mais assustadoras de mulheres que resolveram viajar desacompanhadas e não tiveram uma sorte lá muito feliz. Mas nós temos um conselho para você, mulher: não se sinta desencorajada por isso. Vá viajar sozinha. Explore o mundo.

Sabemos que a sociedade ainda é machista e muitos países são inseguros para mulheres. Há cuidados extras que precisam ser tomados em relação à segurança, mas nem tudo é desespero. Segundo dados divulgados pela Innovare Pesquisa, a cada ano cresce o número de mulheres que viajam sozinhas ao redor do mundo. Esse número cresce, inclusive, entre as brasileiras. Cada vez mais as mulheres enxergam o ato de viajar sozinhas como sinônimo de empoderamento e independência.

Preparamos uma lista dos países mais e menos seguros para as viajantes solos. Portanto, escolha um destino, coloque a mochila nas costas e vá viajar!

Países mais seguros para viajar sozinha

Islândia

A Islândia é o país que lidera o ranking da igualdade de gênero no mundo. Em termos de educação, saúde e participação na economia e política, este é considerado o país mais justo e acolhedor para mulheres. Além disso, os índices de violência estão entre os mais baixos do mundo – sabemos que isso afeta diretamente as mulheres.

E a Islândia não fica pra trás como destino turístico. Se você gosta de paisagens naturais, como cachoeiras, gêiseres e belíssimos fiordes, este é o destino perfeito para você. No inverno, ainda dá pra ver de perto a Aurora Boreal, um dos espetáculos naturais mais incríveis do mundo.

Nova Zelândia

A Nova Zelândia é o terceiro país do mundo do Índice Global da Paz. Além disso, fica entre os mais baixos números de relatos de agressão física às mulheres – a média chega a praticamente zero quando se trata de mulheres viajantes. Portanto, vá sem medo e bem preparada para se aventurar! Na Nova Zelândia, o que mais atrai turistas ao redor do mundo são os esportes radicais e paisagens naturais. Se você gosta de surf e uma boa praia, encontrou o lugar certo para você.

Canadá

Dentre todos os países da América, o Canadá é considerado o mais seguro para mulheres viajantes. A população já é conhecida por ser extremamente cordial – ou friendly, como eles dizem – e as cidades são muito seguras e bem estruturadas. Seja para conhecer cidades cosmopolitas, como Toronto ou Vancouver, ou então visitar as paisagens naturais das Montanhas Rochosas, as chances de encontrar um destino acolhedor para a sua viagem são grandes. Um país para todos os estilos de mulheres viajantes!

Dinamarca

A Dinamarca é considerada o segundo país mais pacífico do mundo, de acordo com Índice Global da Paz. Se for viajar sozinha, fique um pouco mais atenta ao andar pela capital Copenhague, onde algumas mulheres reclamam do catcalling – cantadas de rua. Mas de um modo geral o país é muito tranquilo e cheio de belezas naturais. A Dinamarca é cheia de atrações durante o ano todo, portanto você pode aproveitar tanto no verão quanto no inverno.

Países menos seguros para viajar sozinha

Índia

Infelizmente, a Índia é conhecida por ser um país de alto risco para mulheres. Por isso, é importante saber o máximo de informações possíveis antes de viajar para lá. Alguns comportamentos e vestuários podem ser mal interpretados na cultura deles, que é muito diferente da nossa. Se alguma situação constrangedora acontecer com você, certifique-se de procurar ajuda, fazer um escândalo ou até mesmo procurar a polícia.

Turquia

Apesar de ser um país incrível e cheio de belezas naturais, a Turquia apresenta alguns riscos para as mulheres que viajam sozinhas. No entanto, o tema da igualdade de gêneros tem sido cada vez mais debatido no país no últimos anos, levantando questões sobre a violência contra mulheres. O tabu ainda é muito grande, mas os protestos organizados pelas mulheres tem crescido cada vez mais nos últimos anos.

Tailândia

O debate sobre estupro e violência contra mulheres também vem crescendo na Tailândia. O país ainda tem altos índices de assédio e levantou um grande debate no país quando duas mochileiras britânicas foram estupradas enquanto viajavam por lá. Evite lugares mais afastados dos centros e estude muito bem a cultura do país antes de fazer a sua viagem.

E lembre-se: não queremos que você descarte estes países da sua lista de destinos! O importante é ficar mais atento ao viajar por estes lugares, pesquisar sobre a cultura local para não ter surpresas desagradáveis e tomar algumas precauções. O importante é se sentir segura o suficiente para fazer sua viagem com tranquilidade.

Grupos & Projetos Incriveis

Veja algumas referências que pode contribuir ainda mais para sua trip, confira!

  1. Mulheres Viajantes & Projetos incríveis
  2. Conheça 5 projetos que encorajam mulheres a viajarem sozinhas
  3. Projeto Mulheres que Viajam Sozinhas
  4. Projeto #MulheresViajantes

    Assine nossa newsletter!

    Assine nossa newsletter e junte-se à outros 1.548 assinantes. Leia sobre a nossa Politica de Privacidade.

    1 Responder a “Destinos para viajar sozinha pós pandemia”

    1. Sonho quase impossível, conhecer a Islândia, morar na ilha maravilhosa deste mundo. Quem sabe conheço um islandês que me leve . Seria a realização de vida.

    Os comentários estão fechados.