Inglês depois dos 40 anos: ainda é possível aprender?

Sabemos que o ideal é aprender o inglês, assim como outros idiomas, quando se é bem jovem.

Programa de intercâmbio na Terceira Idade
Programa de intercâmbio na Terceira Idade

Porém, muitas pessoas não têm essa oportunidade. Só quando chega perto dos 40 anos que percebe a importância do domínio do inglês e quer recuperar o tempo perdido.

Por isso, vamos entender quais são os desafios de se aprender inglês depois dos 40 anos e ver as vantagens de fazer um intercâmbio nesta idade.

Apesar de muitos estudos apontarem que é importante aprender um novo idioma ainda na infância para ter uma maior fluência, isso não significa que na vida adulta já não será possível dominar um outro idioma.

Aprender inglês depois dos 40 anos vai precisar de novas formas de aprender e de ensinar, tais como em relação às estratégias, abordagens, métodos, técnicas, dentre outros.

Estudos nessa área apontam que  os adultos não devem perder o ânimo em aprender um idioma: apesar das dificuldades maiores em relação às crianças, eles também são capazes de adquirir um bom conhecimento da língua, conforme pontuam os pesquisadores.

Além disso, aprender um novo idioma na vida adulta faz bem ao cérebro e pode até mesmo retardar possíveis doenças de degeneração cerebral, como a demência, segundo outras pesquisas prévias.

E intercâmbio depois dos 40 anos?

Fazer uma imersão em um país de língua inglesa certamente ajudará a acelerar o domínio do inglês. Obviamente que essa não é a única forma, mas é um estímulo que é muito bem-vindo.

De acordo com a Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta), o aumento da procura de pessoas entre 40 e 59 anos interessadas em ter essa experiência de intercâmbio foi de 11,2% em 2018. E na faixa etária entre 30 e 39 anos foi de 23,8%.

Uma recente matéria publicada em um portal, aponta que as pessoas mais maduras procuram fazer intercâmbio por, basicamente, dois motivos: aqueles que querem melhorar o idioma para acompanhar as demandas da empresa onde trabalham e os que estão interessados na troca cultural.

Há também a questão do networking que traz diversos benefícios para quem tem esta experiência no estrangeiro.

Está vendo que é possível aprender e dominar o inglês depois dos 40 anos? O que é preciso é encontrar uma escola de inglês com métodos orientados para este tipo de perfil.

A Uniway School é uma escola de inglês e edtech presente em mais de 50 países. Tem uma metodologia criada para que todos atinjam os melhores resultados, inclusive depois dos 40 anos. 

Sobre Fabricio Vargas

Iniciou a sua carreira na área da educação logo após o seu retorno ao Brasil, depois de morar e estudar por mais de cinco anos no continente Europeu. Estudou e trabalhou em diversas áreas durante esse período, inclusive como intérprete dentro das cortes Irlandesas e Inglesas. Logo após a sua chegada ao Brasil, começou a lecionar aulas de inglês dentro de algumas escolas e, portanto, percebeu que o ensino precisava de mais, os alunos mereciam algo diferente e inovador.

Fabricio percebeu que as escolas de idiomas estavam muito engessadas ao modo tradicional de ensinar e avaliar os seus alunos. Em 2017, depois de trabalhar muito e conseguir um certo valor para investir, Fabricio abriu a sua própria escola de inglês, a Uniway School, foi um dos anos mais comemorados por ele e também o mais desafiador.

close

🤞 Não perca essas dicas!

Não enviamos spam! Leia mais em nossa Política de privacidade

Para mais informações, acesse:

Assine nossa newsletter!