SAT, ACT, TOEFL: O que são e para quê?

Entenda o que é e para que serve os testes TOEFL, SAT, ACT e SAT Subject Tests e o processo para admissões em Universidades nos Estados Unidos.

SAT, ACT, TOEFL: O que são e para quê?
SAT, ACT, TOEFL: O que são e para quê?

Os testes TOEFL, SAT, ACT e SAT Subject Tests fazem parte do processo de admissões às universidades nos Estados Unidos. São teste padronizados, parecidos com o ENEM ou Vestibular, que ajudam as universidades avaliar o nível acadêmico de cada aluno. Para alunos internacionais, estes testes podem realmente ser um enorme desafio!

SAT: O SAT (ou SAT I, o Scholastic Aptitude Test) tem 3 seções – Matemática, Leitura Crítica e Escrita (em Inglês: Math, Critical Reading, Writing). O SAT avalia os conhecimentos nestas 3 áreas e é caracterizado pela sua rapidez, o que requer do aluno muita prática.

ACT: O ACT (American College Testing) tem 4 seções – Inglês, Leitura, Matemática e Raciocínio Científico (em Inglês: English, Reading, Math, and Science Reasoning). Há também uma secção de escrita opcional, mas que a maioria das universidades pede. Apesar do SAT ser mais conhecido no Brasil, a maioria das universidades nos Estados Unidos aceita ambos o SAT e ACT, por isso a escolha é sua.

SAT Subject Tests: O SAT Subject Tests (ou SAT II) é diferente do SAT I por avaliar o aluno numa matéria específica – por exemplo, em biologia, física, história, literatura e várias línguas estrangeiras, entre outras. As universidades podem solicitar SAT Subject Tests durante o processo de admissões.

O TOEFL (Test of English as a Foreign Language) ou Teste de Inglês como Língua Estrangeira, é obrigatório para alunos internacionais na maioria das universidades Americanas. É um exame que avalia a capacidade de compreensão e uso de Inglês num nível acadêmico.

Estes testes são obrigatórios? O TOEFL, para alunos internacionais, sim. O SAT e ACT, vai depender da universidade. Há cada vez mais universidades que dão a opção do aluno não mandar resultados dos testes padronizados.

Estas universidades adotaram políticas de testes chamadas Test-Optional e Test-Flexible: Cada vez mais, as universidades estão diminuindo a importância destes testes nos processos de admissão. Algumas universidades são test-optional, o que significa que os candidatos não têm que apresentar quaisquer resultados de testes padronizados. Outras universidades adotam políticas de test-flexible:  os candidatos podem apresentar uma combinação de resultados de testes e informações acadêmicas, em vez do tradicional SAT ou ACT. Cada tem a sua própria política de testes, por isso é importante verificar com cada universidade diferente.

Qualquer dúvida, envie para [email protected] e aproveite para visualizar minhas últimas postagens!

 

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.