Intercâmbio na África do Sul: Universidades e trabalho voluntário

Dicas dos destinos, universidades e trabalho voluntário para você planejar seu intercâmbio

Intercâmbio na África do Sul
Intercâmbio na África do Sul

Se você tem vontade de fazer um intercâmbio para aprender inglês e conhecer novas e diferentes culturas, então confira as dicas dos destinos, universidades e trabalho voluntário para você planejar seu intercâmbio na África do Sul.

Intercâmbio na África do Sul

A África do Sul é um país para se fazer intercâmbio com uma das melhores relações custo-benefício, pois além de as passagens serem mais baratas, a moeda sul-africana é desvalorizada em relação ao real. Dessa forma, o custo de vida no país sai bastante barato.

Além disso, a África do Sul é um local que apresenta diversas atividades de lazer, sendo um destino bem divertido e aventureiro, principalmente para jovens brasileiros, que representam 20% dos estudantes que vão para o país e ficam cerca de 4 a 8 meses.

Para entrar no território sul-africano, mesmo que você fique em um curso de idioma de um mês, o consulado diz que é necessário a retirada do visto. Entretanto, na prática, agências de intercâmbio informam que os brasileiros são isentos de visto por 90 dias.

Os cursos de idioma estão localizados em sua maioria na litorânea Cidade do Cabo (Cape Town), a capital legislativa da África do Sul. Saiba, a seguir, três motivos que mais levam turistas em busca da África do Sul como destino de intercâmbio.

Intercâmbio na África do Sul - Cape Town
Intercâmbio na África do Sul – Cape Town

Aventura e visita

A Cidade do Cabo tem um clima tropical agradável, semelhante ao nosso, e uma flora exuberante. Com praias paradisíacas e belas montanhas, é nessa região onde os melhores vinhos sul-africanos são produzidos. Você pode se aventurar indo a safáris e zoológicos, entrando em contato com diversos animais selvagens raros e de diferentes aldeias, participar de esportes radicais e aprofundar seu acervo cultural conhecendo as raízes e curiosidades da região. Dentre os animais que você pode encontrar aqui estão alguns mais frequentes: impalas, zebras, girafas, leão, elefante, leopardo, rinoceronte, búfalo e hipopótamo.

Intercâmbio na África do Sul - Cidade do Cabo
Intercâmbio na África do Sul – Cidade do Cabo

Mas apesar da imensa profundidade cultural e misturas de diferentes culturas, na África do Sul existe uma diversidade que não se integra, isso é, brancos, negros e muçulmanos dificilmente são encontrados em rodas de amigos juntos e misturados. Além disso, o apartheid ainda mostra suas marcas.

Mesmo assim, você ainda tem a oportunidade de entrar em contato com onze línguas diferentes – inglês, africâner, zulu, xhosa, isindebele, northern sotho, southern sotho, isiswati, tsonga, tswan e venda – sendo o dialeto inglês falado em todas as províncias e utilizado para negócios.

Andando pelas diferentes cidades, você encontra desde prédios modernos e construções luxuosas de influência europeia até mercados de rua com arte africana de diferentes estilos, os quais funcionam como zona de lazer. Ainda há cidades mais joviais e descontraídas, como Durban, com diversas opções de bares e restaurantes com uma bela vista para o mar.

Mas fica uma dica importante: o turista deve sempre tomar cuidado nas ruas e nos transportes públicos, pois a África do Sul, principalmente nas grandes cidades, apresenta uma grande desigualdade social, tendo índices de criminalidade semelhante aos do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Universidades na África do Sul (graduação ou pós-graduação)

Para quem deseja ir ao país em busca de conhecimento, expansão e continuidade de seu ensino superior, a África do Sul conta com 21 instituições públicas que apresentam diversas opções de estudo e de pesquisa, seja para estudantes locais ou de fora do país. As universidades são subsidiadas pelo Estado, mas são autônomas e se reportam aos seus próprios conselhos e não ao governo.

Intercâmbio na África do Sul - Universidade de Cape Town
Intercâmbio na África do Sul – Universidade de Cape Town

São, ainda, divididas em três categorias:

  • Tradicionais: oferecem cursos orientados para a teoria;
  • Tecnológicas: oferecem cursos orientados para a prática e a técnica;
  • Abrangentes: oferecem os dois tipos de qualificação anteriores.

Os cursos mais bem avaliados são medicina, ciências sociais e turismo, com destaque para a Universidade da Cidade do Cabo, estando entre as 300 melhores do mundo e é a melhor do país. O ensino há pouco tempo foi reestruturado, já que seu sistema anterior refletiam fortemente as prioridades do sistema de apartheid.

Para quem vai em busca de realizar sua pós-graduação, as áreas mais procuradas relacionam-se a pesquisas sobre epidemiologia de doenças tropicais e reestruturação urbana.

Trabalho na África do Sul

Só consegue visto de intercambista a trabalho quando o estudante está inserido em uma instituição de ensino superior, não podendo entrar estudantes de cursos de idioma ou ensino médio. Entretanto, há diversos tipos de visto de trabalho.

Algumas agências oferecem programas nos quais o estudante pode encontrar sua própria vaga por até um ano em qualquer parte da África do Sul, sendo que o trabalho tem um limite de 20 horas semanais e as maiores vagas estão nas áreas de turismo e hotelaria, além de albergues, bares e restaurantes. Porém, vale lembrar que o país possui um alto nível de desemprego.

Christel Stokke em Voluntariado na África
Christel Stokke em Voluntariado na África

Para ir a trabalho à África do Sul deve-se ter, no mínimo, 18 anos e possuir inglês a partir do nível intermediário. Há auxílio na procura da vaga e na documentação necessária para obter-se o visto.

Além disso, há diversos trabalhos voluntários para quem está mais interessado em experiência e não em dinheiro. Você pode encontrar projetos nas áreas de meio ambiente, serviço social, turismo, ensino em escola primária e educação ambiental.  O voluntário para um valor de manutenção da instituição de aproximadamente US$ 1.050, com direito a acomodação, meia pensão (café e jantar) e orientação de chegada ao país.

Christel Stokke em Voluntariado na África
Christel Stokke em Voluntariado na África

Gostou das dicas? Então prepare as malas para estudar na África do Sul!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.