Intercâmbio durante ou depois dos estudos?

O intercâmbio tem que ser planejado de acordo com cada objetivo e momento de vida.

Intercâmbio durante ou depois dos estudos?
Intercâmbio durante ou depois dos estudos?

Você já experimentou fazer a dieta de uma famosa da televisão que ficou gostosona de uma hora pra outra ou da sua vizinha que emagreceu horrores e aí viu que com você não funcionou? Desculpe a comparação, mas intercâmbio também é assim. Da mesma forma como a dieta tem que ser elaborada de acordo com cada organismo e estilo de vida, o intercâmbio tem que ser planejado de acordo com cada objetivo e momento de vida (e maturidade do intercambista, é claro!).

Não há uma idade certa para fazer a viagem. Por exemplo, inúmeros jovens optam por fazer um ano do ensino superior lá fora (já falei do high school aqui); há quem use as férias da faculdade para trabalhar e estudar em outro país; há também quem prefira aproveitar a tal terceira idade e se jogar em novas aventuras e aprender outro idioma; outros fazem curso de um mês etc. No meu caso, terminei a faculdade e embarquei no programa de au pair, por quase dois anos. Contudo, minha amiga, que fez o mesmo programa, trancou sua faculdade e a concluiu quando retornou ao Brasil.

Novamente, essa decisão depende muito mais de você, da sua família e dos seus compromissos do que necessariamente seguir uma fórmula definida. Se seu objetivo é cursar a universidade lá fora, o presidente da Belta (Associação de Agências de Intercâmbio), Carlos Robles, explica que quanto mais cedo o jovem tiver contato com outro idioma, mais fácil será pra ele ingressar em uma universidade internacional.

Porém, se você anda perdido e não sabe nem que faculdade quer cursar, uma opção é fazer intercâmbio após o ensino médio, pois isso ajudaria a fazer uma escolha com mais maturidade. Há também quem prefira ir depois de formado, buscando cursos de especialização e podendo até ingressar em uma empresa lá fora.

Por isso, antes de se questionar sobre “intercâmbio durante ou depois dos estudos”, questione seus objetivos, sua condição financeira e o momento da sua vida em que você se encontra. Mas, definitivamente, o mais importante para ter um excelente aproveitamento do intercâmbio, seja ele de um mês ou um ano, é estar disposto a viver experiências novas!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.