Você conhece o programa de Intercâmbio Estácio? Entenda o que é e como participar

Se você é estudante da Estácio ou está considerando fazer um curso nessa universidade, os programas de internacionalização podem ser uma ótima oportunidade para estudar fora. Saiba como funcionam!

O Intercâmbio Estácio é um programa de bolsas de estudos para o exterior, por sua vez, é oferecido pela própria Universidade Estácio de Sá em parceria com instituições estrangeiras e organizações nacionais.

Sabemos que mais pessoas estão buscando por uma oportunidade de estudar fora. Para se ter uma ideia, segundo o Relatório do Intercâmbio I&V 2019-2020, 70% dos intercambistas estão planejando a sua primeira viagem internacional. Isso significa cada vez mais brasileiros desbravando esse mundão

No entanto, como dois lados de uma mesma moeda, entendemos que o intercâmbio é um processo que exige investimento expressivo. Diante disso, os programas de bolsas da Estácio são uma ótima opção para quem sonha em estudar fora gastando pouco.

Quer saber mais sobre como funciona e os processos para participar? Já pega o seu bloquinho, porque hoje eu separei algumas dicas bem legais. 

Comunicação online Foto gratuita
Imagem: Freepik

Como funciona o Intercâmbio Estácio?

A primeira coisa que você precisa saber sobre o Intercâmbio da Estácio é que trata-se de um projeto destinado aos alunos da instituição. Então, caso você seja matriculado em cursos de graduação ou especialização, pode participar.

Na prática, essa iniciativa permite ao estudante fazer parte do ensino superior em instituições localizadas em diversos países.

É possível permanecer no destino de 6 meses a 1 ano, dependendo do tipo de bolsa. Além disso, os alunos podem realizar atividades extracurriculares oferecidas pela universidade, passeios ou outros programas previstos.

Esse tipo de bolsa de intercâmbio, porém, não contempla todos os gastos do aluno no exterior. Durante a viagem, o estudante fica isento de pagar a mensalidade do curso, tanto no Brasil, quanto lá fora. 

No entanto, todos os outros gastos devem ser custeados pelo intercambista, como passagens aéreas, visto, acomodação, alimentação, custos com turismo, materiais extras, seguros, documentação e outras necessidades de acordo com o país de destino. 

Quais são as universidades parceiras?

A Estácio tem parcerias com universidades de várias partes do mundo. Na América do Norte, por exemplo, constam a Universidade de Mercer e a Universidade de Oklahoma, ambas situadas nos Estados Unidos

Na América Latina, destacam-se algumas instituições da Argentina (como a Universidade de Buenos Aires e o Instituto de Capacitación Aduanera), Chile (Universidad de los Andes), Colômbia (Universidad Santo Tomás e Universidad Nacional de Colombia) e Uruguai (Universidad de la Empresa).

Já na Europa, a Estácio tem parceiras na Espanha (Universidad de Burgos), Portugal (Instituto Politécnico da Guarda, Instituto Superior Técnico, Universidade Portucalense, Universidade de Lusíadas, Instituto Politécnico Castelo Branco e Universidade do Porto) e  Reino Unido (Northumbria University e Birmingham City University).

Quais cursos o aluno pode escolher?

Não há como afirmar quais cursos abrirão oportunidades de bolsa, isso porque varia não apenas da disponibilidade de cada universidade parceira, mas também das regras do edital. 

O ideal é que os alunos interessados fiquem atentos a cada divulgação de bolsas, leia os editais e identifique quais são as opções que mais fazem sentido para o seu ramo de atuação. É possível encontrar todas as informações aqui

Existem outras possibilidades de intercâmbio?

Aluna pensando sobre problema de matemática Foto gratuita
Imagem: Freepik

Sim, a Estácio também tem convênio com o Banco Santander, que oferece dois programas bem comuns de intercâmbio: o Ibero-Americanas e o Top España.

Os alunos contemplados podem estudar em algumas das universidades conveniadas com o Banco Santander e ganham um auxílio para permanecerem no país de 3 semanas a 6 meses, dependendo do destino, instituição e tipo de bolsa. 

É possível verificar mais sobre a parceria no próprio site da Estácio linkado acima. Além disso, se você deseja conhecer outras possibilidades de bolsas oferecidas pelo Santander, acesse aqui.

Como participar?

Para participar do processo seletivo para os programas de internacionalização da Estácio, os alunos devem ter feito de 20% a 80% de seus atuais cursos e precisam apresentar uma boa performance acadêmica, com médias acima de 7,5.

Outro ponto importante diz respeito à proficiência em algum idioma estrangeiro. Como visto acima, as universidades estão situadas em países cujo idioma oficial é o inglês ou o espanhol (como exceção de Portugal é o nosso adorável português). Por isso, a massacrante parte das institituições exige algum comprovante de proficiência. 

Quer um conselho? Se você já tem o desejo de fazer um curso fora, especialmente no que diz respeito à graduação, pós ou outras especializações, já começa a estudar o idioma do país que você quer concorrer. 

Atualmente, há diversos cursos de idiomas na internet gratuitos, como a Kultivi, além de inúmeros aplicativos que auxiliam no aprendizado de uma nova língua.

Por fim, acompanhe tanto o site da Estácio quanto o portal do próprio Santander para verificar novas oportunidades de bolsas. 

Procure também o seu coordenador ou outros gestores educacionais da universidade que possam te ajudar a esclarecer dúvidas e entender mais sobre os programas de intercâmbio. 

close

🤞 Não perca essas dicas!

Não enviamos spam! Leia mais em nossa Política de privacidade

    Assine nossa newsletter!

    Gostaria de deixar um comentário?

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *