O período de recesso escolar normalmente é usado para descanso ou viagens de lazer, mas também pode ser aproveitado para fazer um programa de intercâmbio.

Diferentemente dos programas regulares, onde as viagens são feitas durante as aulas, aproveitar para ir ao exterior nas férias pode ter diversas vantagens.

O que não muda é a imersão na cultural local, a prática de um outro idioma e a conexão com outras pessoas, mas as características próprias dos cursos ou programas de férias devem ser consideradas por quem quer realizar o sonho de fazer intercâmbio.

Aprimoramento do Idioma

Uma vez em solo estrangeiro, a prática do idioma local se dá naturalmente. Porém, em período de férias, é mais fácil ter contato com gírias e expressões não tão comuns, mas que são bastante utilizadas pelos jovens estudantes. Uma oportunidade e tanto para melhorar o vocabulário.

Preços mais em conta

Por normalmente durarem menos do que um programa de intercâmbio convencional e, em alguns casos, por não precisarem de visto, programas de férias tendem a ter preços mais baixos.

Planejamento mais fácil

Passar menos tempo fora do país exige menos burocracias do que uma viagem que dure meses. Dessa forma, fica muito mais fácil fazer a organização pré-viagem, com documentos, materiais, roupas, etc.

Estudo e Lazer

Qualquer programa de intercâmbio oferece a oportunidade de estudar e se divertir, mas em cursos de férias, por exemplo, essa mistura se dá de forma muito mais natural, com aulas mais dinâmicas e tempo livre para conhecer lugares diferentes.

UP no currículo

Um programa de intercâmbio de férias é, com certeza, um investimento inestimável para qualquer estudante. Afinal, existem diversas possibilidades de cursos para vivenciar uma cultura diferente e aprender um segundo idioma em seu local nativo, pontos muito considerados pelos recrutadores.

E aí, perdeu a dúvida se vale a pena fazer intercâmbio durante as férias? Então corra para o nosso site e garanta sua vaga para fazer intercâmbio.

Todas as informações contidas nesta publicação pertencem ao site da AFS Brasil – Bolsa de Estudos.

A missão e o espírito AFS nasceram em 1914 em meio à Primeira Guerra Mundial quando jovens idealistas se recusaram a participar de combates e entraram no campo de batalha como motoristas de ambulância para socorrer feridos, independente de sua nacionalidade ou cultura. Este mesmo trabalho foi retomado na Segunda Guerra Mundial. Após a guerra, um grupo de veteranos do AFS percebeu a necessidade de promover o entendimento e a irmandade internacional como forma de diminuir a intolerância entre os povos e escolheram que a melhor forma de fazer isso é por meio de experiências de imersão cultural. Assim, em 1947, surgia o AFS Intercultural Programs, hoje a maior organização de intercâmbio cultural do mundo. O AFS começou sua história no Brasil em 1956 e desde então já enviamos e recebemos cerca de 14.000 intercambistas, fizemos parcerias com cerca de 3.000 escolas e nos tornamos parte da vida de mais de 5.000 famílias hospedeiras. Hoje, o AFS Intercultura Brasil conta com quase 1.000 voluntários que formam uma rede de atuação em mais de 100 cidades do Brasil onde possibilitam a realização de nossos programas e desenvolvem as atividades que apoiam as experiências interculturais de todos os envolvidos.