Está pensando em fazer um intercâmbio em Toronto? Então você precisa ler esse post!

Como uma das cidades mais badaladas da terrinha das folhas de maple, Toronto é uma opção bastante interessante para quem deseja viver a experiência de um intercâmbio no Canadá

E não é por menos, a cidade conta com ótimas instituições de ensino, oferece riquíssimas possibilidades de entretenimento e, de quebra, garante um ambiente extremamente acolhedor para estudantes estrangeiros, afinal, é uma das regiões mais multiculturais do país.

Ficou interessado e quer saber mais sobre esse paraíso de arranha-céus? Hoje eu separei várias informações que podem te ajudar a conhecer Toronto e, quem sabe, auxiliá-lo a organizar a sua viagem. Bora lá?

Quer saber mais sobre a terrinha das folhas de maple 🍁? Leia: Intercâmbio Canadá: Veja o que você precisa saber

Benefícios de Toronto

Imagem: Wasifio

Toronto é o centro financeiro do Canadá e possui uma média de 2,6 milhões de habitantes em um território de 629,91 km². 

Sim, a cidade é menor se pensarmos em algumas regiões brasileiras. A níveis de comparação, Campinas, uma cidade no interior do estado de São Paulo, possui um pouco mais de 700 km² e uma população de cerca de 3,3 milhões de pessoas. 

No entanto, esse não é um fato que deixa Toronto a desejar, muito pelo contrário, lá é onde tudo ocorre. Todos os anos, Toronto recebe centenas de festivais dos mais diversos estilos que você pode imaginar. 

E não é só isso, a cidade conta com incontáveis parques espalhados por toda a parte, assim como museus e galerias. 

A vida noturna de Toronto também é bastante atraente aos estudantes, afinal, o centro comercial do Canadá possui um número gigante e diversificado de bares, restaurantes e casas de shows. 

Além disso, a cidade de Toronto oferece aos estudantes diversos outros benefícios, como qualidade de vida, transporte público integrado e que realmente funciona, sem contar a alta segurança.

Outro ponto positivo para a região é, sem dúvidas, a localização. Embora seja necessário um visto, em apenas 12 horas de ônibus o estudante consegue dar um pulinho em Nova York. Demais, né?

Viajar para outras cidades do Canadá também é bem fácil, como para a famosa Ottawa e a charmosa Montreal. 

Por outro lado, um dos principais pontos turísticos do Canadá, as Cataratas do Niágara, ficam a meros 130 km de Toronto, o que super facilita uma visitinha.

Quer saber mais? Veja também: Roteiro Toronto: 5 dias na maior cidade do Canadá

Programas de intercâmbio mais comuns em Toronto

Imagem: Freepik 

Se você, assim como eu, ficou apaixonado por Toronto, precisa conhecer as principais opções de intercâmbio que a cidade oferece.

O mais comum é, sem dúvidas, o intercâmbio de idiomas. Sabemos que a língua oficial do Canadá é o inglês, certo? Então, o estudante consegue aprender ou aprimorar o idioma por meio de uma completa imersão cultural. 

Neste tipo de intercâmbio, o aluno pode escolher entre os cursos gerais (chamado de general english), cursos preparatórios para exames de proficiência e, até mesmo, cursos específicos (como inglês para negócios). 

Além disso, existe o intercâmbio high school, uma opção interessante para jovens que estão cursando o ensino médio, isso porque eles têm a possibilidade de fazer parte ou todo o ensino regular no exterior. 

Outra opção é o intercâmbio teen, voltado para adolescentes de até 17 anos. Nesse tipo de viagem, o jovem passa as férias no exterior estudando, geralmente realizando um curso de idiomas. 

Por fim, temos os programas profissionalizantes e de nível superior, como é o caso dos cursos técnicos, graduações, mestrados, pós e doutorados, por exemplo. 

É importante destacar aqui que esses últimos programas são os únicos que permitem ao aluno trabalhar de alguma forma enquanto estuda, diferentemente dos intercâmbios high school, idiomas e teen. 

Quanto custa um intercâmbio em Toronto?

Se você chegou até aqui, deve estar com aquela típica pergunta brasileira na cabeça: “tá, mas e quanto vai me custar essa brincadeira?”, acertei? 

Para entendermos o valor médio de um intercâmbio em Toronto, precisamos definir algumas informações, como o tipo de curso escolhido pelo estudante e tipos de acomodação (casa de família ou residência estudantil, por exemplo). 

Além disso, o período que o intercambista permanecerá no país também é algo que deve ser levado em consideração, afinal, isso influencia o tipo de visto necessário (pois é possível tirar o de turismo para cursos de até 24 semanas) e a reserva financeira que o aluno precisa dispor para se manter no Canadá. 

Outro ponto importante é o custo com documentações, seguros saúde e viagem, passagens aéreas, transfers e outras especificações semelhantes, que mudam de acordo com os programas de intercâmbio do estudante.

Em resumo? O aluno pode desembolsar de R$ 12 mil reais a R$ 35 mil reais, dependendo da época da viagem e todos os pormenores citados neste tópico. 

Quer um conselho? Pesquise bastante e reúna o máximo de informações que conseguir. Com um planejamento bem delimitado, você não apenas consegue realizar o seu sonho de estudar no Canadá, mas também pode economizar uma boa grana nesse processo. 

É possível conseguir bolsas para estudar em Toronto?

Valores de intercâmbios são sempre assustadores, né? Eu sei. No entanto, existem algumas opções de bolsas parciais ou totais que podem te ajudar a custear a sua viagem. 

Geralmente, essas bolsas aparecem com mais frequência para cursos de nível superior (eu separei algumas das principais bolsas nesses dois posts: Universidade de Toronto: tudo o que você precisa saber e Intercâmbio grátis pelo governo: 6 programas que você deveria conhecer) e high school (também listei as mais comuns nesse outro post). 

Para cursos de idiomas, elas são menos frequentes, porém, não são impossíveis. Um programa comum é o President’s Scholarship for Young Leaders, que, recentemente, abriu centenas de bolsas para o English Language Programs. 

Embora o deadline das bolsas já tenha acabado, vale a pena ficar de olho na página oficial e também aqui no Canal para acompanhar possíveis atualizações e novos editais.