A Micron, uma empresa americana, anunciou um investimento histórico de até US$ 100 bilhões de dólares. O valor vai servir para construir uma mega fábrica no centro de Nova York que será utilizada para a fabricação de memória e chips de computador. Serão ao menos 50.000 vagas nos EUA em fábrica nos próximos anos. Saiba tudo e veja como se candidatar para uma das oportunidades de emprego nos Estados Unidos.

Vagas nos EUA em fábrica

A Micron Technology, uma das maiores empresas de semicondutores do mundo e a única fabricante de memória com sede nos EUA, anunciou através de um comunicado de imprensa, os planos para construir a maior instalação de fabricação de semicondutores na história dos Estados Unidos. A nova mega fábrica deve aumentar a oferta doméstica de memória de ponta e criará cerca de 50.000 empregos em Nova York, incluindo aproximadamente 9.000 empregos da Micron com altos salários.

A Micron pretende investir até US$ 100 bilhões de dólares nos próximos 20 anos para construir uma nova unidade fabril em Clay, Nova York, com o investimento da primeira fase de US$ 20 bilhões planejado até 2030. Isso representa o maior investimento privado na história do estado de Nova York. O investimento da Micron no condado de Onondaga, em Nova York, complementará a fábrica anunciada anteriormente pela empresa em Boise, Idaho.

Vagas na Honda: mais de 2.500 novos Empregos nos Estados Unidos.

Investimento na produção de semicondutores

A instalação de Nova York da Micron faz parte de sua estratégia de aumentar gradualmente a produção de DRAM de ponta americana para 40% da produção global da empresa na próxima década. O trabalho de preparação do local começará em 2023, a construção começará em 2024 e a produção aumentará na segunda metade da década, aumentando gradualmente de acordo com as tendências de demanda do setor.

Localizar a produção de DRAM líder de mercado da Micron nos EUA traz enormes benefícios para seus clientes, permitindo que eles construam seus produtos e soluções inovadoras usando uma cadeia de suprimentos mais resiliente, segura e geograficamente diversificada. Os US$ 5,5 bilhões de dólares em incentivos do estado de Nova York ao longo da vida do projeto, juntamente com os subsídios federais previstos e os créditos fiscais do CHIPS e da Lei da Ciência, são essenciais para apoiar a contratação e o investimento de capital.

Trabalho nos Estados Unidos: melhores sites de emprego e dicas de mercado.

Escolha por Nova York

De acordo com a empresa, “o centro de Nova York é o lar ideal para a nova megafab semicondutora de ponta da América”. Desse modo, a Micron se diz animada com a construção e escolheu Nova York por conta de “[…] suas múltiplas vantagens, incluindo as principais instituições de ensino superior, acesso para talentos tradicionalmente sub-representados em empregos de tecnologia e uma população militar significativa alinhada com o compromisso da Micron com a contratação de veteranos”.

Além disso, o estado também oferece disponibilidade de água e energia limpa e confiável para viabilizar um projeto dessa escala, ao mesmo tempo em que alcança nossas metas ambientais de longo prazo. Nova York tem uma longa história de desenvolvimento e fabricação de semicondutores, oferecendo oportunidades promissoras de colaboração em iniciativas de P&D com organizações como o Albany NanoTech Complex e o US Air Force Research Laboratory.

Emprego na área de aviação: os principais e quanto pagam nos Estados Unidos.

Vagas nos EUA em fábrica e investimento histórico

A Micron e o estado de Nova York também estão anunciando um investimento histórico de US$ 500 milhões de dólares em desenvolvimento comunitário e de força de trabalho com foco em populações desfavorecidas durante a duração do projeto. A Micron investirá US$ 250 milhões de dólares nos próximos 20 anos como parte do compromisso da empresa com o Green CHIPS Community Investment Fund.

Estão previstos que mais US$ 250 milhões de dólares sejam investidos, sendo US$ 100 milhões de Nova York e US$ 150 milhões de parceiros locais, estaduais e nacionais. O objetivo é expandir e preparar a força de trabalho na região e fornecer apoio adicional para populações carentes da comunidade, o fundo será usado para treinamento de força de trabalho, programas de educação, habitação e outros investimentos comunitários.

Vagas na Panasonic: 4 mil oportunidades nos EUA.

Iniciativas de sustentabilidade para a mega fábrica de ponta de Nova York

A Micron projetará e operará sua nova construção de acordo com a estrutura e os compromissos de sustentabilidade da empresa. A Micron pretende usar 100% de eletricidade renovável nas novas instalações. Além disso, a empresa fiz que planeja usar infraestrutura verde e atributos de construção sustentável para a construção da fábrica de Nova York para obter o status Ouro de Liderança em Energia e Design Ambiental (LEED).

Vagas na Amtrak nos EUA: mais de 4.000 oportunidades de emprego abertas.

Sobre a Micron Technology

A companhia Micron se diz líder do setor em soluções inovadoras de memória e armazenamento, transformando a forma como o mundo usa as informações. A Micron foca em seus clientes oferecendo liderança em tecnologia e excelência operacional e de fabricação, com um portfólio de produtos de armazenamento e memória DRAM, NAND e NOR de alto desempenho.

Vagas na Bosch nos EUA: centenas de oportunidades abertas.

Vagas nos EUA em fábrica: como se candidatar

Se você gostou da notícia e pretende se candidatar para uma das vagas nos EUA em fábrica da Micron, acesse o portal de empregos e carreiras da empresa. Após fazer isso, indique o país que deseja trabalhar no exterior, veja as vagas e os requisitos. Caso os cumpra, envie o seu currículo em inglês diretamente para a companhia. Boa sorte!

*Veja também como conseguir emprego no exterior ainda no Brasil

Todas as informações contidas nesta publicação pertencem ao site da Vagas Pelo Mundo.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Atua há 13 anos na área de Jornalismo e Comunicação Social.

Marcações: