Intercâmbio: Como funciona?

Para te ajudar a entender melhor como um intercâmbio funciona, fizemos esse post para esclarecer todas as suas dúvidas. Confira!

Intercâmbio: Como funciona?
Intercâmbio: Como funciona? Foto by greenintercambio.com.br

Muitas pessoas têm o sonho de fazer um intercâmbio. Se você se encaixa nesse grupo, ficamos extremamente felizes pela sua decisão, mas você sabe como o intercâmbio funciona?

O intercâmbio é mais do que apenas uma viagem. É também uma experiência que pode mudar a sua vida e a forma como você enxerga o mundo.

Para te ajudar a entender melhor como um intercâmbio funciona, fizemos esse post para esclarecer todas as suas dúvidas. Vamos lá!

O que é intercâmbio?

Um intercâmbio é uma viagem que envolve relações culturais, comerciais e educacionais de forma recíproca entre diversas nações.

Em outras palavras, o intercâmbio é uma troca cultural que tem como objetivo acrescentar conhecimento para todas as pessoas envolvidas.

Isso é possível porque existem diversos tipos de intercâmbio. Com certeza, um deles vai se adequar ao seu perfil, orçamento, planejamento e objetivo.

Tipos de intercâmbio

Intercâmbio de curso de idioma

Um dos tipos de intercâmbio mais procurados, os de curso de idioma é perfeito para quem quer aprender uma nova língua ou melhorar sua fluência.

Eles duram no mínimo duas semanas e as salas são compostas por estudantes de diversas idades e nacionalidades, mas que tenham o mesmo nível no idioma que você tem.

Intercâmbio para estudar e trabalhar

Esse tipo de intercâmbio só pode ser feito para quem pretende ficar no mínimo três meses em outro país.

Além de ter um dinheiro a mais, trabalhar e estudar no exterior vai te ajudar a entender melhor a cultura daquele local, conhecer mais pessoas e colocar o idioma em prática em diversas oportunidades.

Alguns países que aceitam esse tipo de intercâmbio são o Canadá, Índia, Irlanda, Nova Zelândia e Austrália. Antes de escolher a melhor opção para você, dê uma olhada nas regras específicas de cada local para o trabalho de estrangeiros.

Intercâmbio para graduação

Você pode optar por fazer cursos de graduação, pós-graduação, MBA ou técnicos. O foco na carreira profissional dentro do intercâmbio é importante. Após o término do curso, você vai receber um certificado profissional ou um diploma técnico-vocacional.

Intercâmbio de férias para adolescentes

Crianças e adolescentes também podem fazer intercâmbio nessa modalidade. Ele é destinado para alunos de 10 a 17 anos e acontecem em dezembro/janeiro ou junho/julho, para que o estudante possa conciliar sua viagem com os estudos aqui no Brasil.

O intercâmbio pode durar de duas a seis semanas e une o aprendizado do idioma com atividades sociais e de lazer pré-definidas por uma equipe especializada.

Além do intercâmbio de férias, também é possível fazer o intercâmbio high school, que é o equivalente ao ensino médio no nosso país.

Intercâmbio para terceira idade

As pessoas estão vivendo mais e procurando uma qualidade de vida melhor na velhice. Por isso, estão sendo pensadas diversas iniciativas voltadas para esse público. Um belo exemplo disso é o intercâmbio para a terceira idade.

Esse tipo de intercâmbio dura duas semanas e é feito para pessoas acima de 50 anos. Nele, acontecem cursos para aprender idiomas, visitar pontos turísticos e fazer passeios sociais e de lazer. É uma ótima oportunidade para conhecer pessoas da mesma idade do Brasil e de outros lugares do mundo.

Como funciona o intercâmbio?

Sabia que no momento em que você decide fazer um intercâmbio, a sua experiência nele já está começando. Para não errar em nenhuma etapa, confira como funciona um intercâmbio nos tópicos abaixo.

Pense no seu objetivo

Pensar no porquê você quer fazer um intercâmbio é o primeiro passo para começar a planejá-lo. Como você viu nos tópicos anteriores, existem vários tipos de intercâmbio para você escolher qual é a melhor opção para o seu estilo de vida.

Planeje seu intercâmbio

Com o objetivo definido, fica mais fácil começar a planejar o seu intercâmbio. Pense em quanto tempo pretende ficar morando em outro país, qual vai ser o local escolhido para a sua viagem, que tipo de acomodação é a melhor para você, entre outras questões.

Abaixo, você vai conferir o que é necessário organizar para ir tranquilo para o seu intercâmbio.

Acomodação

Escolher o tipo de acomodação para você é importante porque esse fator está intimamente ligado ao seu conforto e tranquilidade.

Os tipos de acomodação mais usadas por intercambistas são casas de família, residência estudantil, apartamento, hotel ou hostel.

Passaporte

O passaporte é um documento de identificação pessoal emitido pela Polícia Federal para qualquer pessoa que viaje para fora do país, independente do motivo (turismo, estudo ou trabalho).

Ele é importante porque é uma proteção e garantia para as autoridades do país que você irá visitar, demonstrando que você é um viajante que está dentro das leis.

Como o Brasil faz parte do MERCOSUL (Mercado Comum do Sul), não precisamos apresentar o passaporte para entrar em alguns países, apenas um documento oficial com foto. Outros países que também fazem parte do MERCOSUL são Argentina, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador e Uruguai.

Para outros países, é necessário emitir e apresentar o passaporte.

Visto

O visto é como uma permissão para que você possa entrar em determinado país. Ele é um carimbo dentro do seu passaporte.

Cada país tem critérios e exigências diferentes para solicitar a permissão, levando em consideração o tipo de visto que você precisa para aquele momento, além do relacionamento ou acordo que essa localidade tem com o Brasil.

Alguns países oferecem benefícios de acordo com o visto solicitado, como a permissão para trabalhar legalmente, férias durante os estudos e a possibilidade de renovação de permanência dentro do país.

Por isso, é importante pensar em como tirar o visto antes de escolher o país ideal para o seu intercâmbio, pois você deve ter um tipo de perfil e preencher diversos pré-requisitos.

Seguro viagem

Muitas pessoas deixam o seguro viagem como segundo plano, mas ele é muito importante para garantir sua segurança enquanto você estiver longe de casa.

Ele é responsável por cobrir imprevistos leves ou graves, como doenças, gastos com remédios, emergências odontológicas ou perdas e extravios de bagagem.

O seguro viagem varia de país para país e do tempo que você pretende ficar lá, podendo ser de 5 dias a 12 meses.

Alguns países solicitam o comprovante do seguro viagem na imigração, na solicitação do visto ou no primeiro dia de aula. Geralmente, ele só pode ser comprado no Brasil e deve abranger da sua data de saída até o dia da chegada.

Moeda diferente

É preciso contar com uma forma segura de levar e receber dinheiro estrangeiro no exterior. Uma delas são o cartão visa travel money.

Ele é um cartão de débito pré-pago internacional recarregável. Com ele, você pode fazer pagamentos, compras e saques. Para usá-lo, é só carregar o cartão com a moeda local do país e usar a senha que você vai receber no momento que adquirir o VTM. É importante lembrar que o cartão não tem nenhum vínculo com redes bancárias.

Está pronto para embarcar nessa aventura? Se ficou com alguma dúvida sobre como o intercâmbio funciona, deixe nos comentários!

    Assine nossa newsletter!

    Assine nossa newsletter e junte-se à outros 146 assinantes. Leia sobre a nossa Politica de Privacidade.

    Gostaria de deixar um comentário?

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *