Seguro Viagem: Por que incluí-lo no seu check-list de intercâmbio?

Você sabe porque o seguro viagem é tão importante? Confira a resposta nesse post!

Seguro Viagem: Por que incluí-lo no seu check-list de intercâmbio?
Seguro Viagem: Por que incluí-lo no seu check-list de intercâmbio?

Uma grande parte dos estudantes sonha em um dia fazer um intercâmbio, seja para reforçar e praticar o idioma ou para fazer cursos específicos e ter novas experiências. Num mercado de trabalho cada vez mais competitivo e exigente, é fato que candidatos que possuem intercambio no currículo ganham vários pontos à frente dos demais.

Isso acontece pois um intercambio é muito mais do que uma viagem comum. Trata-se de uma experiência extremamente enriquecedora, que auxilia no desenvolvimento de diversas competências além do idioma, como resiliência, comunicação, adaptação e, claro, o contato com novas culturas e costumes.

Para que esta vivência seja tão proveitosa quanto pode ser, é preciso uma boa dose de planejamento. Definir o objetivo da viagem é um bom começo: qual a sua intenção durante o período de intercambio? Ter contato com novas culturas? Praticar o idioma? Fazer um curso de especialização? Bom, definir este ponto deve ser o primeiro passo, pois impacta diretamente em todas as etapas seguintes.

Não deixe de fazer um checklist para sua viagem. Confira!

Definido o objetivo, é preciso estipular qual o tempo de duração da viagem. Os cursos escolhidos podem ter diferentes durações e é sempre válido lembrar que quanto mais tempo você quiser passar fora do país, mais terá que desembolsar para isso.

Aliás, planejamento financeiro é crucial para a realização deste sonho. Analise o custo de vida no local, o tempo estimado da viagem e valores dos cursos, sempre lembrando de converter a moeda (câmbio). É importante reservar um valor a mais para possíveis emergências e despesas extras, já que elas podem (e possivelmente vão) acontecer.

Quando se tem o apoio financeiro dos pais ou outros familiares fica um pouco mais fácil. Se este não for o seu caso, não se preocupe, ainda é possível investir neste plano tão importante. No entanto, será necessário muita determinação e controle para garantir que terá o valor suficiente no prazo determinado. Comece cortando gastos supérfluos, isso já ajudará e muito na poupança.

E por falar em planejamento e precaução, lembre-se de colocar o seguro viagem nos seus planos. Ainda que este não seja um item obrigatório, como em alguns países da Europa e União Europeia, é extremamente recomendado que a contratação seja feita. Despesas médicas em países estrangeiros podem sair muito caras e nem sempre o viajante dispõe do valor para arcar com elas.

Tendo um seguro viagem, além do atendimento em situações de emergência médica/hospitalar, o estudante ainda conta com uma assistência 24 horas para atendê-lo e sanar quaisquer dúvidas, e ainda indenização em caso de morte/invalidez decorrente de acidente ou doença durante o período da viagem. Podem ser também contratadas cláusulas adicionais, como extravio de bagagem e outras.

Lembre-se de que o destino influencia (e muito) no valor total da viagem, escolha um que caiba no bolso e supra todas as suas necessidades e expectativas. Pesquise com antecedência para garantir os melhores preços e condições de pagamento, tanto em relação ao seguro, como passagens e hospedagem. No Canal do Intercâmbio você encontra dicas para economizar e aproveitar ao máximo sua viagem, confira.

Artigo produzido em parceria com a Assistente de Viagem (assistentedeviagem.com.br)

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.